preto

" Caso não encontre a reciprocidade no outro, pense no Amor que Deus tem por Ti" !! 💕 👩🏻👗👠💫 #PosCultoIcm #ES #VilaVelha #Preto #Reciprocidade

Aquele pretinho básico!!!Adoooro quando a cliente manda foto de suas unhas ♥️. 📢 Agende já o seu horário: (48) 9 8412-1594. 🏡📍Tambem atendo a domicílio e faço depilação . . . . . . . . . . . . #Instanails #unhas #nails #instaunhas #esmalte #manicure #pedicure #manicuredomicilio #nailart #unhasdecoradas #risque #colorama #impala #unhaslindas #manicureporamor #tagsforlikes #follownails #deboracruzmanicure #manicuredeboracruz #amounhas #nailart #preto #branco #pretoebranco #esmalteavon

Regrann from @livrarianombeko - 📚 Indicação de Leitura 👉🏿 O Genocídio do Negro Brasileiro: Processo de um Racismo Mascarado 👈🏿 do autor, Abdias Nascimento. Sinopse: Ao longo do século passado, prevaleceu a visão de que os descendentes dos africanos se encontravam, no Brasil, numa condição muito mais favorável do que a vivida pelos negros no sul dos Estados Unidos ou na África do Sul do apartheid. Mais do que estabelecida, essa era uma visão oficial: o Brasil seria uma “democracia racial”, um lugar em que o grande problema do negro era a pobreza e não o preconceito de cor. Foi contra essa falácia que Abdias Nascimento se insurgiu ao apresentar, no Segundo Festival de Artes e Culturas Negras, em Lagos (Nigéria, 1977), em plena vigência da ditadura militar, um texto combativo, a começar pelo o título, demonstrando que a condição dos negros no Brasil não era realmente como aquela nos EUA ou na África, era pior, vítimas que são de um racismo insidioso, de uma política que conduz a um “genocídio”, para usar o termo do autor, que, ausente das leis e dos discursos políticos, se revela cotidianamente. Assim, a reedição de O Genocídio do Negro Brasileiro pela editora Perspectiva não é apenas uma homenagem histórica, mas a constatação de um fato: a despeito do trabalho dos ativistas e da mudança de mentalidade na academia, a situação continua inalterada. Segundo a ONU, atualmente no Brasil ocorre, a cada 23 minutos, a morte de um jovem negro. Em geral, do sexo masculino; em geral, pela ação, ou omissão, do Estado, da polícia – a instituição de escolha para se lidar com qualquer “questão social” no país. É preciso dizer mais? Uma das mais destacadas vozes pelos direitos dos afrodescendentes do Brasil, Abdias Nascimento (1914-2011) nasceu em Franca, interior de São Paulo. Foi um dos pioneiros do moderno teatro brasileiro ao criar o Teatro Experimental do Negro, em 1944. Fundou o Ipeafro, em 1981. Foi deputado federal, entre 1983 e 1987, é senador, entre 1997 e 1999, pelo Rio de Janeiro. Indicado duas vezes ao prêmio Nobel da Paz, em 1978 e em 2010 ... #leituras #livrosemaislivros #amoleitura #racismo #genocidio #negro #bookstagram #preto #brasileiro #leituradodia #li

Boa noite meninas, gostaram desse verde bapho + detalhe em preto. . . 📸 cliente: @adrianacasteleira . . #verde #preto #brilho #unhasbapho #unhasfeminina #belaunhasoficial #ribeiraopreto #sp #brasil🇧🇷

On a cobweb afternoon In a room full of emptiness By a freeway, I confess I was lost in the pages Of a book full of death Reading how we'll die alone And if we're good, we'll lay to rest Anywhere we wanna go